© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Prefeitura de Londrina abre licitação para transporte público

26/11/2018

Atualmente, cidade tem 158 linhas que atendem 80 mil usuários por dia. Prefeitura estipulou valor máximo da tarifa para duas áreas operacionais distintas.

 

A Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, abriu, nesta segunda-feira (26), o edital de licitação para o serviço do transporte público. Podem participar empresas ou consórcio.

A licitação foi lançada após a realização de audiências públicas entre os dias 3 e 26 de outubro deste ano. A concessão do serviço é por 15 anos, a partir de 2019. O contrato atual vence no dia 19 de janeiro.

 

VEJA O EDITAL

Atualmente, a cidade tem 158 linhas que levam 80 mil usuários por dia. A passagem custa R$ 3,95. Em 2017, a frota de 419 ônibus transportou mais de 42 milhões de passageiros, segundo a CMTU.

 

De acordo com o edital, o município foi dividido em duas áreas operacionais distintas, e empresas diferentes podem concorrer para atuar nesses locais.

 

A área 2 compreende a zona sul, todos os distritos da região, como Irerê e Paiquerê, e também compreende as imediações da região do aeroporto. A área 1 atenderá as outras regiões da cidade.

 

Empresas ou consórcio devem sugerir valor máximo de passagem de R$ 3,9957, para a área 1, e R$ 4,0889, para a área 2. O valor máximo da licitação é de de R$ 2.158.552.251 para um período de 180 meses.

 

Os envelopes com as propostas devem ser entregues na Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) até as 8h30, de 26 de dezembro. A abertura será realizada uma hora depois, às 9h30.

 

Valor da tarifa

 

Segundo o edital, para o valor das tarifas será considerado o custo do quilômetro dividido pelo Índice de Passageiros Pagantes por Quilômetro. Neste custo, ainda vai incidir o valor referente ao gerenciamento do sistema.

 

As empresas ou consórcio interessados também deverão levar em consideração o subsídio repassado pelo município para pagar as despesas com o Programa de Transporte Escolar.

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags