© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Reajuste de passagem do transporte em Arujá pega usuários de surpresa

O aumento foi de de 11,11%, o maior de todo o Alto Tietê até o momento.

 

A semana tem sido de sufoco para os passageiros do Alto Tietê. Houve aumento nas passagens intermunicipais e municipais de algumas cidades. Arujá foi a última a reajustar o valor, que passou de R$ 4,05 para R$ 4,50. Um aumento de 11,11%, o maior de todo o Alto Tietê até o momento.

 

Segundo a Prefeitura, o reajuste foi aprovado depois de uma consulta feita ao Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e ficou abaixo dos R$ 5,30 que foram pedidos pela empresa que atua na cidade. A Prefeitura disse também que há dois anos a tarifa estava sem revisão e o aumento geral dos custos com manutenção e combustível fizeram com que o valor subisse.

 

Para os passageiros o aumento não reflete na qualidade dos serviços. "As vezes é lotado. Sai cansado do trabalho e não tem onde sentar. Mas, fazer o quê? A gente precisa", reclama a analista de créditos Onora Arthur Xavier de Sousa.

 

A diarista Angelita Mariano de Moraes mora em Igaratá e trabalha em Mogi das Cruzes. No meio do percurso, usa os ônibus de Arujá. "Eu nem sabia que tinha aumentado. Como trabalho por dia, eu recebo o valor da passagem da minha patroa. Ela também não sabe. Ainda vou ter que falar com ela."

 

Na região, Mogi das Cruzes e Suzano já anunciaram o reajuste nas passagens. Em Mogi passou de R$ 4,10 para R$ 4,50. Em Suzano, o valor também era de R$ 4,10 e agora subiu para R$ 4,40.

A assessoria do Condemat disse que houve uma consulta dos prefeitos no começo do mês e, na ocasião, a maioria apontou que o aumento seria inevitável. Mas que essa consulta foi informal, tanto que os índices foram diferenciados entre as cidades que pertencem ao consórcio.

 

Quanto à situação das tarifas em outras cidades da região, a Prefeitura de Poá informou que o Conselho Municipal de Mobilidade ainda está discutindo sobre o assunto.

Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Santa Isabel não têm previsão de aumento. Salesópolis e Biritiba Mirim não possuem o serviço de transporte coletivo municipal.

 

Em Guararema o último reajuste foi feito em junho do ano passado, e hoje a tarifa na cidade é de R$ 4,25.

 

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags