© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Santa Isabel renova contrato emergencial do transporte público com nova empresa e moradores seguem insatisfeitos

Atrasos constantes e falta de linhas são algumas das reclamações de quem precisa de ônibus na cidade.

 

Após seis meses da mudança da empresa responsável pelo transporte público de Santa Isabel os moradores continuam enfrentando problemas. A Viação Suzano assumiu as linhas de ônibus em outubro do ano passado, por meio de um contrato emergencial, que já foi renovado. O G1 não conseguiu contato contato com a empresa.

 

Atualmente são 16 linhas, utilizando 20 veículos. Segundo a Prefeitura, desde 9 de abril iniciou-se um novo contrato emergencial com a empresa. Ele tem a vigência de 90 dias prorrogáveis pelo mesmo período.

 

Os passageiros não estão satisfeitos com a nova empresa. “O ônibus passa atrasado. A qualidade é péssima. Essa é a terceira empresa na cidade nessa gestão, mas não melhora. É uma pior que a outra”, reclama a empregada doméstica Eva Gonçalves dos Santos, que mora no Jardim Eldorado.

 

A filha de Eva chegou a ir a pé para a escola porque o ônibus não passou. “Minha filha estuda de manhã e vai até a pé as vezes. O ônibus têm que passar 6h20, mas tem dias que não passa. Aí ela caminha uns 30 minutos até a escola que fica no Centro da cidade.”

 

A servidora pública Neusa Maria da Silva também não está satisfeita com a qualidade do transporte na cidade. Ela precisa do ônibus para voltar do trabalho para casa. “Eu moro na Vila Gumercindo. E tem dia que o ônibus que faz a linha para o meu bairro a partir do Centro não aparece. É uma rotina, um dia tem outro não tem.”

 

Outro problema apontado por ela é a falta de manutenção. “Os ônibus são velhos e quebram demais. A mudança de empresa não trouxe melhoria para os moradores.”

 

A escriturária Maria Helena da Silveira mora em Santa Isabel e trabalha em Arujá. Para se deslocar de casa no Jardim Cristina até o Centro para ir trabalhar, ela diz que é muito difícil. “É comum ficar no ponto de ônibus por muito tempo. Os atrasos são frequentes.”

A Prefeitura de Santa Isabel informou que contratou dois fiscais para acompanharem a saída e chegada dos veículos no Terminal Rodoviário e, assim, não ocorrerem atrasos ou supressão de horários das linhas. Até esta sexta-feira (3) nenhuma multa tinha sido aplicada.

 

Segundo a Prefeitura, caso a empresa deixe de cumprir qualquer cláusula do contrato, será notificada e caso persistam as irregularidades serão aplicadas multas, de acordo com a legislação vigente.

 

A administração municipal orienta que as reclamações sobre o transporte público devem ser registradas na Ouvidoria pelo telefone 4656-1000.

 

Outra ferramenta é o aplicativo eOuve.

 

A Prefeitura reforça que ao fazer a reclamação o passageiro repasse o maior número de informações possíveis, como número da linha, horário, bairro, número de identificação do veículo (4 dígitos que estão adesivados nas laterais dos ônibus), entre outros.

 

A administração municipal ainda informou que "o Município pretende fazer a licitação tão logo esteja pronto o Estudo de Impacto Viário e Financeiro que foi exigido pelo Ministério Público".

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags