© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Tarifa de ônibus de Cuiabá volta a custar R$ 3,85 a partir de sexta-feira

A novela da tarifa de ônibus municipais de Cuiabá, no Mato Grosso, ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira, 08 de maio de 2019. Após acordo entre o TCE (Tribunal de Contas do Estado), empresários e representeantes do poder público, foi definido que o valor voltará a R$ 3,85 a partir de sexta-feira, 10.

 

A passagem voltou a custar R$ 4,10 em 30 de abril de 2019. Na ocasião, a Arsec (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá) refez os cálculos e o valor apontado foi de R$ 4,12, sendo arredondado para R$ 4,10.

 

O aumento foi confirmado pela Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos, por meio de um comunicado.

 

O balanço foi feito após determinação do TCE, que contestou o reajuste e determinou que houvesse redução na tarifa para os anteriores R$ 3,85.

 

Entretanto, segundo a mídia local, a Arsec (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá) não respeitou o prazo de 30 dias para que a sociedade se manifestasse sobre o novo preço, que seria de R$ 4,10 com o reajuste.

 

Desta forma, o Conselho Municipal de Transporte vai se reunir para definir novo prazo em 27 de maio para que o valor retorne a R$ 4,10.

 

“Conseguimos que a tarifa voltasse a ser R$ 3,85, mas com o compromisso de que, até o dia 26, haja uma finalização de todos os estudos para que chegarmos a um ponto final sobre esse assunto”,disse o conselheiro da Corte Guilherme Maluf, à imprensa local.

 

A Arsec aprovou no dia 31 de dezembro de 2018 o aumento da tarifa do transporte público de Cuiabá.

 

Além do imbróglio para definição do preço final, as idas e vindas do reajuste da tarifa do transporte coletivo de Cuiabá atrapalharam o lançamento do novo edital de licitação.

 

Prevista para ser lançada no dia 10 de abril, teve de ser adiada em função da decisão do Tribunal de Contas do Estado que manteve a redução da tarifa em R$ 3,85. Os estudos de viabilidade econômica do edital haviam sido calculados sobre o valor de R$ 4,10.

 

 

 

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags