© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Prefeitura de Joinville autoriza aumento da tarifa do transporte coletivo

02/09/2019

Empresas decidirão quando e se os novos valores serão aplicados. Na compra antecipada, tarifa passou de R$ 4,40 para R$ 4,50. No embarque, de R$ 4,80 para R$ 4,90.

 

A Prefeitura de Joinville, no Norte do estado, autorizou na manhã desta quinta-feira (29) o aumento da tarifa do transporte coletivo na cidade, em cumprimento a uma decisão judicial. As duas empresas que operam o serviço vão decidir quando e se os novos valores serão aplicados. Na compra antecipada, a passagem passou de R$ 4,40 para R$ 4,50. No embarque, de R$ 4,80 para R$ 4,90.

 

Houve uma reunião na tarde desta quinta-feira (29) entre as empresas para decidir sobre o aumento, mas nada foi definido. Um novo encontro está previsto para esta sexta (30).

 

As empresas pediram reajuste com base em planilha de custos. "Nós estamos perdendo passageiros do transporte coletivo. A tarifa é cara, é preciso reduzi-la. Estamos então construindo mecanismos para que isso aconteça. Mas antes é preciso um aumento, nós estamos cumprindo uma decisão judicial", disse o prefeito, Udo Döhler (MDB).

 

Queda

 

Em 2010, 19,2 milhões de pessoas usavam o transporte coletivo de Joinville. No primeiro semestre deste ano, foram 14,5 milhões. A queda é de 24%, ou 4,7 milhões de passageiros a menos.

 

Em comparação com outras cidades do país, a capital com a tarifa mais cara é Belo Horizonte, onde a passagem custa R$ 4,50. Em São Paulo, o bilhete é R$ 4,30. Em Florianópolis, R$ 4,40.

 

O discurso de quem depende de ônibus já está na ponta da língua. "Eu acho caro porque o salário mínimo não aumenta quase nada. A gente, às vezes, ganha aumento uma vez por ano e não chega nem perto do aumento que dá não só no ônibus, mas em todas as coisas que a gente usa", afirmou a costureira Maria da Silva de Souza.

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags