© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Greve em SP: Justiça determina 70% dos ônibus rodando nos horários de pico

06/09/2019

A SPTrans informou hoje à noite que a Justiça do Trabalho determinou a circulação de 70% dos ônibus nos horários de pico amanhã em São Paulo.

 

Em nota, a companhia declarou que a decisão acontecerá entre as 06h às 09h e 16h às 19. Nos demais horários, a circulação será de 50%, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia, no caso de descumprimento.

 

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotoristas) confirmou para amanhã (6) a realização de greve geral para protestar contra a redução da frota e pela manutenção dos postos de emprego. A paralisação desta tarde, que afetou dezenas de terminais em São Paulo, foi interrompida para que a população possa retornar para suas casas.

 

 A informação foi divulgada inicialmente pelo presidente licenciado do sindicato, Valdevan Noventa, em entrevista para José Datena, no "Brasil Urgente", e confirmada posteriormente pela reportagem do UOL.

 

Em contato com a reportagem do UOL, a assessoria de imprensa da entidade explicou que os manifestantes se reunirão em frente à prefeitura para protestar contra a decisão do prefeito Bruno Covas (PSDB). De acordo com o sindicato, a prefeitura já retirou 450 veículos que atendiam a população e até o final do ano serão retirados outros mil ônibus.

 

"Não houve avanço (nas negociações). A partir das 0h (de sexta-feira), a greve está decretada e os ônibus não circularão. A partir das 8h, os ônibus sairão das garagens e virão em direção ao centro, vazios, e os motoristas e todos os trabalhadores da categoria representados pelo sindicato farão uma grande manifestação, um acampamento em frente à prefeitura", informou o sindicato.

 

 Mais cedo, a assessoria do sindicato havia indicado que a condição para que a greve não seja realizada é que o prefeito Bruno Covas se comprometa em "não reduzir a frota e garanta os postos de trabalho”.

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags