Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Empresa que opera transporte coletivo em Votorantim encerra as atividades

Grupo São João alega não ter como manter o transporte público urbano em Votorantim, São Miguel Arcanjo e Salto de Pirapora, além das linhas metropolitanas.

 

O Grupo São João, responsável pelo transporte público urbano em Votorantim (SP), anunciou o encerramento de suas atividades na região na manhã deste domingo (19). Os ônibus pararam de circular na cidade e o terminal urbano foi fechado no sábado (18).

 

Em nota enviada à imprensa, a empresa de ônibus explica que a medida foi tomada devido à intransigência do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região em não aceitar o acordo proposto pelo governo por meio da Medida Provisória 936/20, alegando perda aos trabalhadores.

 

Por conta disso, o Grupo São João alega não ter como manter o transporte público urbano em Votorantim, São Miguel Arcanjo e Salto de Pirapora.

 

As linhas metropolitanas que ligam Votorantim/Sorocaba, Porto Feliz/Sorocaba, Boituva/Sorocaba, Piedade/Sorocaba, São Miguel Arcanjo/Sorocaba, Araçoiaba da Serra/Sorocaba, Salto de Pirapora/Sorocaba, Piedade/Tapiraí e Pilar do Sul/Piedade também serão prejudicadas.

 

A empresa classificou como "absurdo" e "radical" o posicionamento do sindicato no momento que a economia mundial enfrenta por conta da pandemia de coronavírus. Segundo a nota, a receita da São João nos transportes regulares (linhas urbanas e metropolitanas) está com cerca de 10% do normal.

 

"Hoje não dá para pagar nem o diesel que utilizamos nos veículos e muito menos as demais despesas, especialmente a mão-de-obra – motoristas, cobradores, agentes de bordo, equipe de manutenção, limpeza e administrativo pessoal – que representa o maior custo disparado do sistema de transporte. Além disso, há as despesas com fornecedores em geral, bancos, prestadores de serviços, entre outros", diz.

 

O Grupo São João operava na região havia 56 anos e tinha mais de 970 empregados diretos.

 

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região disse que recebeu a informação com "surpresa e indignação", pois as negociações com o Grupo São João estavam em aberto.

 

"A empresa apresentou ao sindicato a reivindicação de aderir aos acordos previstos na Medida Provisória 936/20. Na última reunião, o Sindicato dos Rodoviários colocou que aceitava a adesão à MP com algumas ressalvas. Sindicato e empresa passaram a debater os detalhes e o diretor da empresa informou que iria levar a contraproposta construída na mesa de negociação para a diretoria do Grupo São João", diz.

 

Desta forma, o sindicato alega que estava aguardando o retorno da resposta da diretoria da São João e reforça que, caso a empresa tivesse a intenção de resolver a questão trabalhista, poderia ter recorrido à Justiça do Trabalho, como fizeram as empresas do transporte urbano de Sorocaba (SP).

 

"Mesmo diante de tudo isso, o Sindicato dos Rodoviários se mantém aberto para tentar resolver as questões por meio do diálogo e informa que irá tomar todas as providências necessárias para assegurar o emprego, o salário e os direitos dos trabalhadores em transportes", conclui a nota.

 

Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags