Guarulhos vai ter horários alternativos de comércio e serviços para não sobrecarregar transporte col

Anúncio foi feito em transmissão pelo prefeito Gustavo Guti. Idosos não poderão entrar em serviços não essenciais


ADAMO BAZANI


Para não superlotar o transporte coletivo, seja municipal ou metropolitano, a cidade de Guarulhos vai escalonar os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços que voltarão a funcionar com restrições com o relaxamento da quarentena.


A informação é do prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (Gustavo Guti), em transmissão pela internet no início da noite desta segunda-feira, 01º de junho de 2020.


O decreto com as regras de abertura gradual vai ser finalizado nessa terça-feira, 02, mas Guti adiantou que os estabelecimentos comerciais vão funcionar das 10h às 16h e os de serviço das 9h às 15h.


“Para que o comércio não utilize o mesmo horário do rush, horário de pico, principalmente no transporte público, nós teremos um horário diferenciado. Então, o comércio, no nosso decreto aqui, está pensado, está planejado para funcionar neste primeiro momento, até quando a gente conseguir trabalhar dessa forma, vai abrir das 10h até às 16h. Depois que acabar essa pandemia, volta tudo ao normal, mas neste primeiro momento, é melhor trabalhar mais restrito e fugir do horário de pico, principalmente no transporte público e trânsito. Os serviços vão funcionar das 9h às 15h. Tudo que não é essencial. O que é essencial já está funcionando e vai continuar no horário normal.” – explicou.


Guti falou ainda que nos serviços não essenciais que devem ser reabertos com restrições não será permitida a entrada de idosos, que são considerados grupo de risco à Covid-19.“Nessas atividades não essenciais, pessoas acima de 60 anos não poderão usufruir desses comércios, desses serviços. Não poderão entrar nesses estabelecimentos por enquanto. É para preservar a vida de todo mundo, principalmente das pessoas que estão mais expostas.” – complementou Guti ao afirmar que o acesso dos idosos aos serviços essenciais que já estão abertos continua liberando.


Guarulhos está pensando em abrir bem no momento que os números de Saúde ainda são preocupantes.


A taxa de ocupação de leitos de UTI da cidade voltou a subir, passando de 84,9% no sábado (30) para 100% nesta segunda-feira, além de cinco leitos extras que também estão ocupados, enquanto que a taxa dos leitos de enfermaria baixou de 85,4% para 75,2%, segundo nota da prefeitura.


“Nesta semana a Prefeitura de Guarulhos começará a utilizar leitos de UTI locados da rede privada para garantir a assistência adequada aos pacientes conforme a necessidade.” – diz a nota.


Nesta segunda-feira, 1º de junho de 2020, Guarulhos contabilizou 3.056 casos confirmados de Covid-19, além de 293 mortes ocasionadas pela doença. Outras 107 seguem em investigação. “Os dados são do Boletim Epidemiológico atualizado diariamente pela Secretaria Municipal da Saúde. Das 23 mortes confirmadas, 14 são do sexo feminino, com idades entre 23 e 93 anos, e nove do sexo masculino, com idades entre 52 e 90 anos.” – informou a nota.


Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes


Posts em Destaques
Posts Recentes
Arquivos
Pesquise por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle