Please reload

Posts Recentes

Softbus - e-Social

02/05/2019

1/2
Please reload

Posts em Destaques

Florianópolis aumenta capacidade de passageiros nos ônibus e permite assentos compartilhados

14/09/2020

Flexibilização, autorizada em decreto, permite que veículos circulem com até 50% da capacidade. Índice de transmissão do vírus na Capital é de 1,11.

 

A prefeitura de Florianópolis publicou um decreto que aumenta a capacidade de lotação dos ônibus do transporte coletivo e permite o uso compartilhado dos assentos duplos. Com a flexibilização, os veículos podem circular com até 50% da ocupação, sendo que a permitida até então era de 40%.

 

De acordo com a prefeitura, a soma de passageiros não deve ultrapassar o número indicado por cada modelo de veículo. Os ônibus podem transportar passageiros em pé desde que respeitem o distanciamento recomendado entre as pessoas.

 

Com o aumento da capacidade nos veículos, as novas regras também liberam os passageiros para sentarem lado a lado em assentos duplos, em metade dos lugares disponíveis. No entanto, a pessoa que sentou primeiro pode recursar que outra pessoa sente ao seu lado.

 

Atualmente, a taxa de transmissão do novo coronavírus na Capital é de 1,11, o mesmo registrado no fim de agosto, conforme monitoramento feito pela prefeitura. No dia em que o decreto foi publicado, o índice era de 1,12.

 

A Capital registra 11.857 casos confirmados de Covid-19, incluindo 126 mortes, de acordo com o boletim do governo estadual divulgado quinta-feira (10). A cidade está localizada na região considerada em risco grave para a doença, segundo o mapa de monitoramento da Secretaria de Estado da Saúde.

 

Taxa de transmissão

 

Para o infectologista Rogério Sebroza, a taxa de transmissão de 1,11 não indica que a doença está sob controle. "Não significa que já se pode pensar em fazer tudo normalmente dentro do ônibus", disse.

 

O secretário de Mobilidade em Florianópolis, Michel Mitmann, afirmou que isso não impede que mais pessoas andem de ônibus.

 

"O transporte tem se demonstrado um ambiente bastante seguro ao longo de todo o processo. Não se identificou o transporte como um vetor efetivo de contaminação. Ao mesmo tempo, é uma evolução natural, a própria estabilidade do indicador permite dar um passo seguinte para que a gente vá evoluindo dentro do controle da pandemia e da organização, tanto da atividade econômica geral da cidade e atendimento ao cidadão", disse Mitmann.

 

  • Mapa do coronavírus: consulte casos e mortes em Florianópolis

  • MÉDIA MÓVEL: Veja como estão os casos e mortes no seu estado

 

Para o secretário de Saúde, Carlos Alberto Justo da Silva, o aumento do número de passageiros no ônibus não é isento de riscos.

 

O transporte coletivo de Florianópolis tem, em média, 50 mil passageiros por dia atualmente — eram 150 mil antes da pandemia.

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Siga-nos
Please reload

Pesquise por Tags
Please reload

Arquivos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle