• G1 Presidente Prudente e Região

Ainda sem definição de cobrança de tarifa de ônibus, Semob orienta empresas a pagar vale-transporte

Ainda sem definição de cobrança de tarifa de ônibus, Semob orienta empresas a pagar vale-transporte em dinheiro a trabalhadores


Prefeitura justifica que a medida é necessária até que a companhia contratada emergencialmente para operar o transporte coletivo finalize a implantação do sistema de uso de cartões.


A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública (Semob) publicou um ofício orientando as empresas com funcionários que utilizam o vale-transporte, em Presidente Prudente (SP), para que, dentro das possibilidades, forneçam em dinheiro o benefício aos trabalhadores, ao invés dos créditos nos cartões magnéticos, para o custeio dos gastos com a tarifa de ônibus no perímetro urbano quando a cobrança for retomada na cidade.


A data de reinício da cobrança das passagens será definida pela Semob até o fim desta semana.

No oficio sobre o pagamento do vale-transporte em dinheiro, a Semob explica que a medida é necessária enquanto a empresa contratada emergencialmente pela Prefeitura para colocar em funcionamento o transporte coletivo urbano na cidade finaliza a implantação do sistema de uso dos cartões.

Posts em Destaques
Posts Recentes