top of page
  • Diário de Pernambuco

Bilhete único nos ônibus: veja reação do sindicato das empresas de transporte ao plano do Governo de Pernambuco

Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) se reúne esta semana para decidir futuro das tarifas


Um dia depois de o governo de Pernambuco sugerir a implantação do bilhete único para o sitema de ônibus no Grande Recife, os representantes das empresas reagiram. 


Por meio de nota divulgada nesta terça (20), a Urbana-PE disse ao Diario de Pernambuco que a decisão sobre tarifas deve ser tomada pelo Conselho Superior de Transporte  Metropolitano (CSTM).

 

É justamente esse conselho que vai se reunir na quinta (22) para decidir se haverá aumento de passagem nos coletivos ou se haverá a criação do bilhete único.

 

"Compete à Urbana-PE e às suas associadas a discussão técnica sobre a atualização da planilha de custos do sistema, que deve estar vinculada a um modelo seguro e previsível de remuneração pelo serviço prestado", disse o sindicato. 


O Conselho Superior de Transporte Metropolitano é um  colegiado formado por integrantes do poder público, da sociedade civil, representantes de empresas de transporte e sindicatos.

Eles deliberam sobre propostas relativas ao Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife.

Atualmente, o sisterma tem 11 empresas de ônibus, que realizam mais de 25 mil viagens por dia.

 

São transportados cerca de 1,8 milhão de passageiros, diariamente.

Estãoem operação mais de 2,7 mil ônibus e cerca de 400 linhas, que circulam pelo Grande Recife.  


Conheça a proposta

Segundo o governo, com o bilhete único, os passsageiros do transporte metropolitano vão poder pagar tarifa de R$ 4,10. 

 

Na utilização das linhas integradas, eles poderão realizar até cinco embarques em duas horas de utilização do sistema.

 

A governadora raquel Lyra (PSDB) chegoua  dizer, em nota enviada pelo Goverbo do estado, que a  proposta "beneficia mais de 700 mil pessoas, em toda a Região Metropolitana do Recife, que passariam a ter apenas um anel". 

 

Além disso,a governadora afirmou que "é uma medida que visa proporcionar mais facilidade para os usuários que utilizam o transporte público diariamente. As pessoas que moram longe do seu local de trabalho serão as mais beneficiadas."

 

Ainda conforme o governo, o bilhete único vai beneficiar mais de 90% dos usuários do transporte. 

 

"A proposta, que significa um aporte adicional anual em favor dos usuários de aproximadamente R$ 60 milhões, traduz o compromisso do Governo do Estado com a mobilidade urbana", acrescentou.

 

O bilhete único existe no Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas e Fortaleza.

Comments


Posts em Destaques
Posts Recentes
Arquivos
Pesquise por Tags
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page