• Jornal do Comércio

Ecossistema de Transporte Coletivo

Francis André Rauber


O conceito de Sistema de Transporte Coletivo caiu em desuso. Assim como em tantas outras áreas, funções profissionais ou serviços, o cenário da pandemia gerou transformações nesse setor. Durante o auge dos casos de coronavírus e agora na fase da retomada foi crucial o modal ônibus não parar - esforço necessário para que os profissionais em hospitais e postos de saúde não ficassem desatendidos, e toda a cadeia de serviços essenciais não entrasse em colapso também. Cabe salientar que todos os protocolos de segurança foram criados, aceitos e respeitados pelos porto-alegrenses e tiveram êxito sob esse aspecto.

Você imagina não termos coleta do lixo urbano, seja orgânico ou seletivo? Que outro destino daríamos aos resíduos? Do mesmo modo, para muitas pessoas é inviável outra opção de transporte para deslocamentos urbanos que não através do ônibus.

Neste processo, nasce um novo conceito, o Ecossistema de Transporte Coletivo, que remete à ideia de que somos todos dependentes, diretos ou indiretos, deste serviço essencial na cidade. Para cada pessoa que não utiliza o ônibus devem existir entre 10 ou 20 que dependem deste meio de transporte - e prestam serviços a ele!


Pense na sua rotina: você leva o seu carro para revisão, vai ao supermercado, faz compras no shopping, tem alguém que faz manutenção na sua casa e cuida da portaria do seu prédio, tem um cuidador para seu avô/avó, um profissional checando seu consumo de água e luz, entregando suas correspondências ou compras de e-commerce.


Enfim, esta lista poderia terminar nas próximas duas ou três páginas - tudo para mostrar que há pessoas trabalhando em diferentes locais, permitindo que nossas vidas sigam um fluxo minimamente "normal", se é que podemos falar assim no atual contexto.


O Ecossistema de Transporte Coletivo tem como propósito conscientizar a população da sua importância e impacto direto para todos. Ou seja, ele é estruturante dos sistemas de saúde, do comércio, do sistema bancário, de serviços públicos, entre outros. Portanto, é fundamental que as políticas públicas, criadas e geridas pela sociedade, estejam atentas ao ônibus sob esta óptica.


Gerente de Projetos da Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre

Posts em Destaques
Posts Recentes
Arquivos
Pesquise por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle