• Gazeta Web

Em seis meses, redução da tarifa de ônibus gera economia de 5,5 milhões aos maceioenses

Desde janeiro, Maceió passou a ter a passagem mais barata entre as capitais


Em 25 de janeiro, a Prefeitura de Maceió reduziu a tarifa do transporte coletivo de R$ 3,65 para R$ 3,35 e Maceió passou a ter a passagem mais barata entre as capitais do Brasil. Passados seis meses desde a diminuição do valor, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) contabilizou uma economia de R$ 5.591.234,85 para o bolso dos maceioenses que utilizam o Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) para se deslocarem às suas atividades.


“Desde que assumimos a gestão, firmamos o compromisso de trabalhar diariamente para implementar medidas que realmente beneficiem e melhorem o dia a dia das pessoas. A redução da tarifa foi uma dessas ações e, pelo valor economizado, percebemos que estamos indo no caminho certo”, avaliou o prefeito JHC.


Gardênia Maria é moradora do litoral norte e utiliza a bilhetagem eletrônica para se deslocar pela capital, a autônoma comemorou a redução. “Eu achei a diminuição muito benéfica, para mim ficou muito melhor. Eu costumo recarregar meu Bem Legal uma vez no mês e sigo colocando o mesmo valor de antes, só que agora eu consigo embarcar mais vezes nos coletivos”, pontuou.


A economia corresponde aos embarques efetuados para o uso dos ônibus, o que pode ser feito mediante o uso de dinheiro, Vale-Transporte e Bem Legal Cidadão, modalidades em que as tarifas são pagas no valor integral. Juntas, somaram 18.307.502 embarques, que corresponde a R$ 5.492.250,60 de diminuição. A medida também beneficiou os usuários do Bem Legal Escolar, que pagam a meia tarifa. Somente nesta modalidade, R$ 98.984,25 foram economizados, fruto dos 659.895 embarques.


A dona de casa e moradora do Riacho Doce, Odete Gomes, explica como a redução impactou positivamente na sua rotina.


“Todos os dias, eu uso ao menos quatro ônibus e a redução de R$ 0,30 foi muito bem-vinda. No final do mês é um valor considerável. É bom não só para mim, mas para toda pessoa que utiliza o transporte público em Maceió”, avaliou.


Para o superintendente da SMTT, André Costa, a redução impacta positivamente na economia dos maceioenses.


“Se a pessoa poupa esses R$ 0,30 que seriam utilizados com o transporte, no final do mês esse valor pode ser utilizado na compra de itens da cesta básica. Precisamos refletir que nós estamos em uma pandemia, infelizmente, muitas pessoas ficaram sem emprego e qualquer redução nas despesas é bastante positiva”, finalizou.

Posts em Destaques
Posts Recentes