Liminar determina 65% dos ônibus de volta às ruas em Cascavel

Em caso de descumprimento multa será de R$ 70 mil por dia


ALEXANDRE PELEGI


O Sinttracovel (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano de Cascavel) deverá colocar na rua 65% da frota dos ônibus do transporte coletivo do município paranaense imediatamente.


A decisão saiu na tarde desta segunda-feira, 05 de outubro de 2020, em caráter liminar, determinada pelo desembargador do Trabalho na cidade do interior do Paraná, Célio Horst Waldraff.


Caso não cumpra a determinação judicial, o sindicato dos trabalhadores terá de arcar com multa diária de R$ 70 mil.

Como mostrou o Diário do Transporte a greve começou nesta segunda, e paralisou 100% da frota por volta das 8h30.


As empresas Pioneira e Capital do Oeste, concessionárias do transporte municipal, recorreram à Justiça sob argumento de que a greve é ilegal, pois 100% da frota ficou sem circular.


Como afirmou o Secretário de Comunicação da Prefeitura, ao se manifestar sobre a paralisação na tarde de hoje, a lei federal determina que ao menos 30% dos ônibus devem operar.


Uma audiência de conciliação ficou marcada para a próxima sexta-feira, 09 de outubro, às 14h.


O presidente do Sinttracovel afirmou hoje mais cedo que os trabalhadores seguiriam com a greve, a não ser que houvesse uma proposta viável das empresas, ou que a Justiça concedesse liminar determinando a volta dos ônibus.


Com a liminar, a expectativa é que os ônibus comecem a voltar às ruas ainda hoje


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Posts em Destaques
Posts Recentes
Arquivos
Pesquise por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2017 por Softbus Consultoria e Informática Ltda

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Instagram - Black Circle