top of page
  • Estadão

Marcopolo quer produzir 1 mil ônibus elétricos da marca em 2024

Frotistas de várias cidades do Brasil começam a avaliar o inédito ônibus 100% elétrico da Marcopolo, o Attivi com chassi e carroceria integrados


A Marcopolo coloca em testes reais seu ônibus integral 100% elétrico. Ou seja, o Marcopolo Attivi Integral, com carroceria e chassis produzidos pela marca.


Para este ano, a empresa estima produzir 130 unidades. Sendo que os primeiros 10 modelos começam a a rodar no transporte de passageiros de várias partes do Brasil.


Entre as capitais listadas estão São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Manaus e Brasília. Nesse sentido, vale lembrar que o ônibus já rodou em Salvador, Goiânia e Angra dos Reis.


De acordo com o diretor de operações comerciais da fabricante, Ricardo Portolan, esses 10 ônibus foram produzidos conforme a especificação dos clientes. Mas a marca começa a fabricar outras 20 unidades atendendo às principais demandas do mercado. Em outras palavras, levando em conta o padrão do transporte urbano de passageiros das principais capitais do País.



Nesse primeiro momento, a Marcopolo mira a cidade de São Paulo. Afinal, a capital paulista hoje é a que mais desenvolve políticas para avançar a eletrificação no transporte urbano de passageiros.


Nesse sentido, a cidade planeja implantar uma frota de 2,6 mil ônibus elétricos em 2024. Assim como também, de forma gradativa, substituir os cerca de 15 mil ônibus movidos a diesel que circulam na cidade.


Projeções

Por essa razão, para 2024, a Marcopolo quer produzir 1 mil unidades só do modelo Attivi. Se contabilizar carrocerias para aplicar em chassis de outras marcas, a empresa projeta fabricar 3 mil unidades no período. Para isso, além da Attivi, a Marcopolo ainda oferece uma versão da carroceria Torino para o mercado.


Ademais, vale lembrar que o ônibus integral entra no Finame. Isso porque o seu desenvolvimento é nacional. O chassi tem 58% de índice de nacionalização. E a carroceria conta com 98%.

Sobre o Attivi

Seja como for, o ônibus pode receber configurações diferenciadas e adaptáveis. O chassi integral low entry conta com capacidade total de 20,6 t. E transporta entre 80 a 90 passageiros.



O veículo ainda conta com motor de tração central com potência de 395 kw. Ou seja, equivalente a 530 cv. Além disso, o torque imediato parte de 286 mkgf.


De acordo com Portolan, para garantir os 250 km de autonomia, comum aos veículos com esse perfil de operação, o Attivi conta com pack de 12 baterias. Sendo o tempo de recarga mínimo de 4 horas.


De série traz sistemas como Door Brake (que fecha a porta do veículo automaticamente quando detecta que ele está em movimento). Além de itens já obrigados por lei como freios ABS e EBD. Há ainda controle eletrônico de estabilidade e sistema de partida em rampa.



A Marcopolo dispõe como opcionais do sistema Mirror Cam, de câmeras que substituem os tradicionais retrovisores e câmera de ré. Assim como sistema de detecção de saída de faixa e de fadiga.

Comments


Posts em Destaques
Posts Recentes
Arquivos
Pesquise por Tags
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page