• O Tempo

Passagens de ônibus ficam mais caras no transporte coletivo intermunicipal

Variações média nos preços estão em 3,55% e 5,82%

As passagens de ônibus do transporte intermunicipal ficam mais caras a partir desta terça-feira (18) em 5,82%, para linhas do padrão convencional, operadas com veículos rodoviários, e em 3,55% para os serviços de padrão comercial, que são operados com veículos urbanos. O reajuste foi autorizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). Tal sistema abrange ônibus que circulam entre a capital e as cidades do interior e também as rotas entre cidades mineiras.


Com isso, a passagem de menor valor praticada entre Matozinhos e Pedro Leopoldo foi para R$3,70. Já o maior valor da tarifa utilizada para viagens entre Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Montes Claros, no Norte de Minas, passou a custar R$ 333,50. Tais valores não compreendem pedágios e custos de embarque.


A secretaria justificou o reajuste dizendo que a atualização na tarifa prevista para acontecer em 2020 foi adiada para 2021 em função das consequências da Covid-19. Destacou também que o aumento vai corrigir a variação dos preços dos insumos, como combustíveis, peças de reposição, manutenção, depreciação do veículo, tributos, remuneração da mão de obra, entre outros.


Frota


Ao todo, 3.570 veículos fazem parte do Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros e atualmente atendem a uma média mensal de 2,9 milhões de passageiros.

Posts em Destaques
Posts Recentes